Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Milho

O Rio Grande do Sul é atualmente o sexto maior produtor de milho em grão do Brasil

Segundo a FAO - Food and Agriculture Organization em 2018, o continente americano foi responsável por cerca de 50% de todo milho produzido no mundo - uma das principais commodities agrícolas negociada nos mercados internacionais. Entre os países, o Brasil é o terceiro maior, com 7% do total produzido no mundo em 2015. É superado pelos Estados Unidos com 34% e pela China que produz 23% do total da produção mundial.

Entre as unidades da federação, segundo dados da Pesquisa Agrícola Municipal, o Rio Grande do Sul é atualmente o sexto maior produtor de milho em grão do Brasil, superado pelos estados de Mato Grosso, Paraná, Goiás, Paraná, Mato Grosso do Sul.  O RS produziu em média no período 2016-2018 uma quantidade de 5 milhões de toneladas. Observando os dados para um período de 10 anos, verifica-se houve uma redução em 49% da área plantada. Não se verifica, porém uma redução significativa da produção. Assim, com base na relação quantidades produzidas - área plantada, no período considerado, pode-se observar um relativo ganho de produtividade no RS através do emprego de novas tecnologias e do manejo do solo, como por exemplo, o método de plantio direto. Vale lembrar que o cultivo do milho no Rio Grande do Sul é, em geral, consorciado com a cultura da soja, entre outras culturas, e que é possível obter o produto através de mais de uma safra anual. E ainda, o seu cultivo está fortemente relacionado com a cadeia de produção agroindustrial de aves e suínos.

No período 2016 a 2018, dez municípios apresentaram produção média superior a 50.000 toneladas/ano. Muitos Capões  e Palmeira das Missões se destacam com produção superior a 100 mil toneladas.

Principais produtores de milho no mundo - 2018
graf pizza 2018 milho fao mundo

Fonte: FAO/FAOSTAT

Evolução anual da área plantada e da quantidade produzida de milho em grão no BR e RS–2008-2018
tab 2008 2018 milho br rs

Fonte: IBGE/Pesquisa Agrícola Municipal

Atlas Socioeconômico do Rio Grande do Sul