Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Batata-Doce e Batata-Inglesa

O Rio Grande do Sul é o maior produtor nacional de batata-doce e o quarto de batata-inglesa

A batata-doce, considerada cultura de subsistência, é cultiva em todas as regiões do Brasil, embora esteja mais presente nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste, notadamente nos estados do Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Ceará.

O Rio Grande do Sul, maior produtor nacional, contava no período 2016-2018 com uma produção média de 176.371 toneladas/ano, que representava 24% do total nacional. Deste total, metade é produzida por municípios localizados especialmente no sul e centro sul. O município de Mariana Pimentel é o maior produtor gaúcho com 14,4 mil toneladas/ano em média no período.

Já em relação ao cultivo da batata-inglesa, cultura que pode apresentar até três safras anuais, o Rio Grande do Sul tem uma produção média anual de 176.371 toneladas no triênio 2016-2018. Com 12% da produção nacional é superado pelos estados de Minas Gerais, Paraná e São Paulo. Os quatro estados juntos são responsáveis por 82% da produção nacional.

Entre os municípios do Estado que apresentam as maiores quantidades produzidas, no período 2016-2018, destaca-se São Francisco de Paula com uma produção média anual de 88,6 mil toneladas. Em segundo, São José dos Ausentes com 71,0 mil toneladas/ano, seguido de Bom Jesus com 53,4 mil toneladas/ano e de Ibiraiaras com 47,6 mil toneladas/ano.

Evolução anual da área plantada e da quantidade produzida de batata-doce no BR e RS–2008-2018
tab 2008 2018 batata doce br rs

Fonte: IBGE/Pesquisa Agrícola Municipal

Evolução anual da área plantada e da quantidade produzida de batata-inglesa no BR e RS–2008-2018
tab 2008 2018 batata inglesa br rs

Fonte: IBGE/Pesquisa Agrícola Municipal

Atlas Socioeconômico do Rio Grande do Sul