Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Ensino Fundamental - Indicadores

O Estado possui a sétima menor taxa de abandono do país.

Ao longo dos últimos anos tanto o país quanto o estado apresentaram variação nos seus indicadores de rendimento para o Ensino Fundamental.

A taxa de aprovação no Estado variou de 83,9% em 2007 para 88,0% em 2017. No Brasil, neste mesmo período, a variação foi de 7,3 pontos percentuais, passando de 83,7% para 91,0%. Conforme estudos, valores entre 90% e 95% seriam o ideal para o País.

A taxa de abandono também apresentou melhora. No Estado variou de 2,1% para 0,9% e no País de 1,8% para 1,6% no mesmo período analisado.

A taxa de distorção idade-série para o Estado foi de 20,7% em 2017, já a média brasileira foi de 18,1%. Este número revela a proporção de alunos com idade superior à adequada em cada nível, isto é, demonstra o percentual de jovens que estão cursando o Ensino Fundamental fora da faixa adequada (6 a 14 anos).

A melhoria das taxas de rendimento deve ser uma meta a ser perseguida, pois ela contribui positivamente para a melhoria da educação, reduzindo o analfabetismo e elevando o nível de instrução da população.

                                                                                                      

Evolução da Taxa de Aprovação no Ensino Fundamenal no RS e BR 2007 – 2017
graf linha  Evolução da Taxa de Aprovação no Ensino Fundamenal no RS e BR 2007 – 2017

Fonte: MEC/INEP

Evolução da Taxa de Abandono no Ensino Fundamenal no RS e BR 2007 – 2017
graf linha  Evolução da Taxa de Abandono no Ensino Fundamenal no RS e BR 2007 – 2017

Fonte: MEC/INEP

Evolução Distorção Idade Série no Ensino Fundamental no RS e BR 2007 – 2017
graf linha  Evolução Distorção Idade Série no Ensino Fundamental no RS e BR 2007 – 2017

Fonte: MEC/INEP

Atlas Socioeconômico do Rio Grande do Sul