Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Equipamentos de Informática, Eletrônicos e Ópticos e de Máquinas, Aparelhos e Materiais Elétricos

O segmento de Informática, Eletrônicos e Ópticos ocupa o 4º lugar entre os estados em numero de estabelecimentos e empregados

No Brasil, em 2017, a indústria de Fabricação de Equipamentos de Informática, Produtos Eletrônicos e Ópticos¹ possuía 3.246 estabelecimentos e 121.018 empregados. O Rio Grande do Sul era responsável por aproximadamente 10% dos estabelecimentos e 8% dos empregados do segmento. São Paulo lidera o segmento no país, com aproximadamente 45% dos empregados.  

Em 2017, existiam 320 estabelecimentos, os quais empregavam 9.468 pessoas. Porto Alegre e Caxias do Sul detinham juntos 45% dos estabelecimentos, enquanto Porto Alegre e Gravataí eram responsáveis por 54% dos empregos do segmento.

Esses segmento, com alta tecnologia empregada, encontra-se bastante concentrado no Eixo Porto Alegre- Caxias do Sul. Alguns possíveis motivos para essa característica residem no maior acesso à mão de obra qualificada e às trocas de conhecimento entre as empresas, necessárias no processo de produção.   

Em 2017, a indústria de Máquinas, Aparelhos e Materiais Elétricos¹ detinha 4.475 estabelecimentos e 175.778 empregados no Brasil. O Rio Grande do Sul respondia por aproximadamente 11% dos estabelecimentos e 5% dos empregados do segmento.

Em 2017, o RS apresentava 492 estabelecimentos, os quais empregavam 9.669 pessoas. Caxias do Sul concentra 23% dos empregos e 22% dos estabelecimentos desse segmento. Embora a maior parte da produção se concentre no Eixo Porto Alegre-Caxias do Sul, observa-se a ascensão de outros centros regionais, como Venâncio Aires e Panambi, municípios importantes no segmento de Máquinas e Equipamentos.  

¹ Segundo o CNAE o segmento de Equipamentos de Informática, Produtos Eletrônicos e Ópticos compreende a fabricação de componentes eletrônicos com circuitos integrados, a fabricação de computadores e periféricos de computadores; a fabricação de equipamentos de comunicação e produtos eletrônicos semelhante; a fabricação de eletrônicos de consumo; de equipamentos de medida, teste, navegação e controle; de cronômetros e relógios, de equipamentos de irradiação, eletromédicos e eletroterapêuticos e de equipamentos e instrumentos ópticos, fotográficos e cinematográficos como também a fabricação de mídias magnéticas ou ópticas. E o segmento de Máquinas, Aparelhos e Materiais elétricos compreende a fabricação de produtos para geração, distribuição e controle de energia elétrica, de aparelhos eletrodomésticos, de equipamentos de iluminação elétrica, sinalização e alarme, de lâmpadas, de fios, cabos e outros materiais elétricos e também a fabricação de cabos de fibra óptica e de peças para máquinas e equipamentos.

Atlas Socioeconômico do Rio Grande do Sul